A+ A-

Notícias - Recuperado, o Hospital Universitário de Canoas é referência em procedimentos cardiovasculares

O Hospital Universitário de Canoas estava praticamente fechado, com menos de 20 pacientes internados, quando, em  janeiro de 2011, o Sistema de Saúde Mãe de Deus, através de contrato com a Prefeitura Municipal de Canoas e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, assumiu o controle do HU. Implantou toda sua logística e hoje tem 256 internados, CTI lotada e o parque tecnológico recuperado.

Com  infraestrutura que garante segurança nas intervenções de alta complexidade,  a   ala cardiovascular conta com  UTI, enfermagem especializada, equipamentos de última geração, laboratório, e eficiente banco de sangue.

 - A qualidade assistencial é comparável aos melhores centros do mundo e com mortalidade zero. – Afirma Dr. Eduardo Keller Saadi, coordenador do Serviço de Cirurgia Cardiovascular do Hospital Universitário.

 A primeira cirurgia cardíaca, em Canoas, foi realizada, no HU, em 27 de fevereiro deste ano. A operação  foi um sucesso. Seguiram-se mais nove,  todas com circulação extracorpórea, quando o coração precisa parar de bater e uma máquina assume o papel do coração e pulmões. Enquanto o aparelho recebe o sangue e assegura as funções vitais, os cirurgiões implantam,  no corpo do paciente,  pontes de safena e mamária, válvulas cardíacas e próteses para correções de aneurismas.

 Apesar do Hospital ter uma cota para convênios, todas as dez cirurgias foram realizadas pelo SUS, oferecendo tratamentos que pacientes de Canoas nunca tiveram acesso no município.  Eles precisavam buscar auxílio médico em outras cidades com todos os inconvenientes e riscos.

Diariamente, o setor cardiovascular do HU realiza uma média de cinco procedimentos diagnósticos e terapêuticos na Unidade de Hemodinâmica e Terapia Endovascular, entre eles  cateterismos cardíacos,angioplastias com implantes de stents (tanto no coração como em vasos periféricos) e de marcapassos.

- Houve realmente uma “revolução” cardiovascular em  Canoas e pretendemos aumentar o número de procedimentos para que todos os pacientes que necessitem de atendimento cardiovascular , tanto  dessa cidade como dos municípios vizinhos, tenham um serviço  rápido, resolutivo e de qualidade. Nossa meta é  transformar o HU Canoas em um dos principais centros de atendimento cardiovascular do país.- Conclui Dr. Saadi.

 

Recuperado, o Hospital Universitário de Canoas é referência em procedimentos cardiovasculares